Afinal, o que é metaverso?

ads

Trata-se de um ambiente virtual, em 3D, onde as pessoas podem interagir entre si por meio de avatares digitais e onde é possível vivenciar vários universos, mesclando experiências do mundo real com as encontradas no virtual.

Para acessar o metaverso são necessárias ferramentas sensoriais que permitam sentir a experiência dentro desse universo. Óculos de realidade virtual e aumentada, luvas táteis que capturam movimento são alguns exemplos.

Tecnicamente, o metaverso não é algo real, mas que busca passar uma sensação de realidade. Na prática, o metaverso proporciona experiências imersivas e interativas em ambientes totalmente virtualizados.

Metaverso é um universo em que a vida real se mistura com a virtual por meio da combinação de diversos elementos de tecnologia: realidade virtual (RV), realidade aumentada (RA), games, vídeos, redes sociais, criptomoedas, avatares e etc.

Apostas no Metaverso

Em 2021 o Facebook mudou seu nome para META e prometeu investir 10 bilhões de dólares no Metaverso. A Microsoft também anunciou que em 2022 irá lançar a primeira versão do Metaverso e que até 2024 todas as reuniões serão migradas para esse ambiente.

A aposta é que o avanço da tecnologia irá permitir um barateamento dos aparatos de realidade virtual, sendo viável a mais pessoas. E o avanço da internet com o 5G, trará grande melhoria  das imagens, aumentando o grau de realismo nesses ambientes virtuais. Isso incentivará mais empresas a criarem suas experiências no metaverso.

No cotidiano, acredita-se que em breve reuniões de trabalho serão feitas no metaverso, bem como fazer compras, ir ao trabalho ou à escola, fazer programas entre amigos: fazer viagens, ir a shows, bares e festas nesse novo universo.

Marketing digital no Metaverso

As ações de marketing terão ainda mais possibilidades nesse mundo virtual. No metaverso, empresas poderão vender de tudo, oferecer promoções ou acessos às novidades, em primeira mão.

Marcas de luxo da indústria da moda já apostam em roupas virtuais. A Gucci, por exemplo, já lançou um tênis virtual. A Louis Vuitton vestiu personagens do jogo League Of Legends com roupas que existem “de verdade”.

Experiência Gucci Garden no Metaverso 

A Gucci criou uma exposição virtual, imersiva, em que as pessoas entravam no Jardim Gucci, uma réplica virtual do jardim físico, em Florença, e tinham seus avatares modificados, ao experimentar novas cores, padrões e efeitos especiais. Localizado dentro do jogo Roblox, funcionava da seguinte forma:

“Ao entrar na experiência, os visitantes abandonam seus avatares, se tornando manequins neutros. Sem gênero ou idade, o manequim simboliza que todos começamos nossas jornadas na vida como um quadro branco. Ao passear pelos diferentes quartos, os manequins dos visitantes absorvem elementos da exibição. Com cada pessoa vivenciando os quartos em uma ordem diferente e mantendo diferentes fragmentos dos espaços, cada um emerge do fim da jornada com uma criação única, refletindo a ideia do indivíduo como um entre muitos, mas ainda assim único.”

O Jardim também oferecia uma loja, na qual os visitantes podiam comprar itens de avatar de edição limitada com exclusividade.

Pense em quantas coisas físicas que você possui hoje que podem ser apenas hologramas no futuro. Sua TV, seu setup perfeito de trabalho com múltiplos monitores, seus jogos de tabuleiro e mais – ao invés de coisas físicas feitas em fábricas, elas serão hologramas criados ao redor do mundo”. Mark Zuckerberg, sobre o Metaverso.

Como vimos, o metaverso não terá limites. Ele irá até onde a criatividade nos levar.

ads
ads

Você pode gostar

ads
Nas noticias
Carregar Mais
ads
×

Powered by WhatsApp Chat

× Fale conosco pelo whatsapp!