ATENÇÃO: Ajuda emergencial de R$ 600 ainda não está disponível para saque

ads

O anúncio do Projeto de Lei do Auxílio fez com que a procura aumentasse nos CRAs (Centros de Referência da Assistência Social) em Campo Grande, mas a medida ainda não foi sancionada pelo presidente Jair Bolsonaro e os R$ 600 ainda não estão disponíveis para saque.

Na tarde da segunda-feira (30) o Ministério da Cidadania, divulgou nota ressaltando que não há necessidade de comparecimentos nos Centros de Referência e nos bancos, para evitar a aglomeração. Mas ainda assim, a população campo-grandense tem idos aos locais em busca do auxílio. De acordo com a SAS (Secretaria Municipal de Assistência Social), a procura aumentou bastante desde que o projeto foi aprovado na Câmara e no Senado, mas o que a população não se atentou é que o valor ainda não está disponível para saque.

Além disso, o ministro Onyx Lorenzoni afirmou que o repasse dos recursos será feito a partir dos bancos federais, como Caixa Econômica Federal, Banco do Brasil, Basa e BNB. Redes conectadas a esses braços financeiros, como lotéricas e Correios, também servirão de suporte.

“Não se dirijam nesse momento nem às agências da Caixa Econômica Federal nem às agências do Banco do Brasil nem aos CRAS. O sistema ainda não está implantado. Vamos anunciar brevemente como será a implementação. ”, disse Onyx.

Vale destacar que mesmo as pessoas que não fazem parte do Cadastro Único do Governo Federal serão contempladas, a partir de um sistema digital que está em fase de implementação.

Ainda conforme a SAS, a operacionalização dos pagamentos está sendo definida. Até o fim de todos os trâmites, o auxílio não estará disponível para saque. Quando aprovado e sancionado, o pagamento deve ser feito via agências e lotéricas da Caixa Econômica Federal e por meio digital (site ou aplicativo).

Projeto

É importante lembrar que a medida foi incorporada ao Projeto de Lei n° 9.236/17, sendo mais uma inciativa para minimizar os danos sociais provocados pela pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

A estimativa é de que o valor beneficie mais de 24 milhões de brasileiros.

 

ads
ads

Você pode gostar

Vídeos Quentes
ads
Nas noticias
Carregar Mais
ads
×

Powered by WhatsApp Chat

× Fale conosco pelo whatsapp!