Como surge um novo perfil de consumidor?

ads

A última vez que nos fizemos essa pergunta foi quando ainda tentávamos entender as características dos millenialls. Um grupo forte, motivador e com tendências apaixonantes que trouxe uma nova perspectiva de mercado para marcas e empresas que sempre estão em busca de se atualizar.

Os millenialls, ou melhor, a geração Y (chamada de geração do milênio, por isso o codinome), fixou em nós a proposta de se relacionar com marcas que têm propósito, missão e que estão envolvidas com alguma causa. Essa dinâmica de conexão entre cliente e empresa está ainda mais evidente nos dias de hoje e surgiu exatamente com o novo modelo de pensar dos mais jovens.

E, então, pós pandemia, será que vamos acompanhar o nascimento de outro perfil de consumidor? Eu tenho certeza que sim! E, talvez, nós vamos vê-los sendo ativo somente daqui uns anos, mas eu já defendo esse novo conceito desde já.

Nesse momento estamos vivendo um período de isolamento social. Onde as crianças e adolescentes tiveram que deixar suas escolas físicas para serem alfabetizadas online e em casa. Esse mesmo público está convivendo com o mais importante do agora: a casa, os valores familiares e seus entes, a solidariedade, preocupação com o próximo e, mais do que nunca, a influência com causa.

O estético vem perdendo força para o que é natural. Isso é verdadeiramente visto nas redes sociais. As celebridades que ficaram conhecidas por sua beleza cedendo espaço aos anônimos que compartilham conteúdo de relevância.

Então, mais uma vez, eu te pergunto: como surge um novo perfil de consumidor? Você está acompanhando o nascimento de um. E não é ele que se adequa ao mercado. É o mercado que promove adaptações para atende-lo. Eles serão mais conscientes, politicamente corretos e se importarão com as raízes. Imagine os critérios que eles terão lá na frente e como isso será poderoso para o mercado

O novo consumidor surge através de um tempo onde ele recebe mais informações, tem acesso a mais coisas e, por isso, se torna mais crítico. A transformação digital é o combustível para ele a afinidade é o fator determinante.

ads
ads

Você pode gostar

Vídeos Quentes
ads
Nas noticias
Carregar Mais
ads
× Fale conosco pelo whatsapp!