Decreto define medidas temporárias de prevenção e enfrentamento ao coronavírus em Nova Andradina

ads

Prefeito Gilberto Garcia determina a suspensão de diversas atividades

Diante do cenário de avanço do coronavírus no Estado de Mato Grosso do Sul e em todo país e seguindo recomendações do Ministério da Saúde, a Prefeitura publicará decreto que dispõe sobre medidas temporárias de prevenção ao contágio e de enfrentamento da Emergência em Saúde Pública no âmbito do Município de Nova Andradina.

Conforme o Decreto, de forma excepcional e com o único objetivo de resguardar o interesse da coletividade na prevenção do contágio e no combate da propagação do coronavírus, o prefeito Gilberto Garcia determina a suspensão, enquanto permanecer o estado de emergência internacional pela doença, das seguintes atividades:

I – realização de eventos e atividades com a presença de público, ainda que previamente autorizadas, que envolvam aglomeração de pessoas, tais como: eventos desportivos, shows, feiras, eventos científicos, passeatas, congressos, audiências pública;

II – atividades coletivas de teatro e afins;

III – visita a pacientes diagnosticados com coronavírus (2019-nCoV), internados da rede pública ou privada de saúde;

IV – funcionamento de estabelecimentos privados fechados (sem ventilação natural).

A Secretaria Municipal de Saúde, com auxílio da Secretaria Municipal de Assistência Social e Cidadania, deverá elaborar plano de monitoramento dos idosos do município.

Já Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Esporte deverá intensificar os cuidados com a higienização dos alunos, dos profissionais da educação e dos equipamentos escolares, informando imediatamente a Secretaria Municipal de Saúde eventuais casos suspeitos da doença.

As pessoas jurídicas de direito privado que prestam serviços à população em geral deverão observar as boas práticas fornecidas pela Organização Municipal da Saúde além de outras, tais como:

a) disponibilizar álcool gel 70% para usuários, em local sinalizado;

b) informações visíveis sobre higienização de mãos, sabonete líquida e papel toalha descartável nos lavatórios de higienização de mãos;

c) reforçar as medidas de higienização das superfícies dos bens;

d) observar na organização de suas mesas a distância mínima de um metro e mio entre elas.

Medidas já tomadas

As atividades do Centro de Convivência do Idoso - Projeto Conviver - foram suspensas pelo prazo de 30 dias, inclusive a viagem que estava agendada para Porto Rico nesta semana.

Nas escolas municipais e projetos sociais mantidos pelo governo municipal (Serviços de Convivência e Fortalecimento de Vinculos do Horto Florestal e Nova Casa Verde, Banda Marcial Municipal e Centro da Juventude), as aulas não foram paralisadas.

A recomendação é a seguinte: aqueles que apresentem sintomas da doença (febre, gripe, tosse, fadiga e dificuldade para respirar) não frequentem/participem das aulas e atividades programadas, ficando restritos ao seu domicílio. Já as pessoas idosas e pacientes de doenças crônicas devem evitar a circulação em ambientes com aglomeração de pessoas.

Outras medidas que afetam apenas os servidores municipais na sua rotina de trabalho também estão contempladas neste decreto.

Reunião da Saúde define estratégias para atendimento de pacientes com suspeita de Coronavírus e faz recomendações sobre como a população deve proceder nos próximos dias.

Nova Andradina registrou nesta manhã de segunda-feira (16), o primeiro caso suspeito de Coronavírus no município. Diante desse quadro, a Secretaria Municipal de Saúde definiu estratégias para atendimento de pacientes com suspeita do COVID-19 e informou as recomendações sobre como a população deve proceder nos próximos dias.

Pessoas que vieram do exterior ou de áreas com casos confirmados de coronavírus deverão procurar orientação junto ao setor de Vigilância Epidemiológica, através do telefone (67) 3441-4080. Este órgão tem a competência de realizar a coleta domiciliar da amostra e encaminhar para análise do LACEN (Laboratório Central de Mato Grosso do Sul), em Campo Grande.

Evitem ir ao Hospital Regional e nas Unidades Básicas de Saúde (ESFs) sem necessidade, pois a aglomeração de pessoas facilita a transmissão do vírus.

Conforme informações do secretário Arion Aislan, não há motivos para pânico. A Prefeitura Municipal irá tomar medidas drásticas no momento adequado, quando e se houver necessidade.

“Uma nova portaria poderá ser publicada nos próximos dias, definindo futuras ações internas no âmbito da Secretaria Municipal de Saúde, caso seja confirmado o primeiro caso investigado. A hora é de redobrar a atenção e os cuidados”, alerta o secretário.

ads
ads

Você pode gostar

Vídeos Quentes
ads
Nas noticias
Carregar Mais
ads
×

Powered by WhatsApp Chat

× Fale conosco pelo whatsapp!