Foto de 2012 alertava para rachadura em paredão que desabou em Capitólio

ads

Há registro de ao menos 32 feridos. Sete pessoas morreram e três ainda não foram encontradas.
Uma foto tirada em 2012 por um turista já alertava para os riscos de uma enorme rachadura no paredão que desabou no último sábado (8) na região dos cânions no Lago de Furnas, em Capitólio, Minas Gerais. A imagem percorre as redes sociais e foi analisada por um engenheiro geotécnico.

“Sim, é um sinal de perigo. Essa trinca está muito grande. Podemos comparar com esse senhor que aparece embaixo e observar que a largura é maior do que a espessura de uma pessoa. Podemos falar grosseiramente em mais de 30 cm”, explicou, Paulo Afonso.

“É uma evidência, um sinal iminente de tombamento do bloco. Com uma trinca dessa magnitude ninguém poderia estar ali embaixo. Deveria haver uma linha de segurança, aqueles barris boiando informando que era uma região perigosa”, completou o engenheiro.

O Corpo de Bombeiros retomou, na manhã deste domingo (9), as buscas pelos desaparecidos do desabamento. O trabalho havia sido suspenso na noite de sábado (8) devido à falta de luz natural.

Há registro de ao menos 32 feridos. Sete pessoas morreram e três ainda não foram encontradas. As identidades das vítimas não foram reveladas.

ads
ads

Você pode gostar

ads
Nas noticias
Carregar Mais
ads
×

Powered by WhatsApp Chat

× Fale conosco pelo whatsapp!