Lima Duarte desabafa e se emociona ao falar sobre Flávio Migliaccio

ads

A morte do ator Flávio Migliaccio abalou o mundo dos famosos. O ator foi encontrado já sem vida em seu sítio, no Rio de Janeiro, vítima de um suicídio. Muitos artistas usaram as redes sociais para lembrar dele com muito carinho e Lima Duarte foi um deles.

Em um vídeo nesta terça-feira (5), de quase cinco minutos, Lima falou sobre a morte do amigo e colega de trabalho. Na mensagem, ele contou que entendia a decisão do amigo e que não teve a mesma coragem que ele.

“Eu te entendo, Migliaccio, porque eu, como você, sou do Teatro de Arena, com Paulo José, Chico de Assis, com o (Gianfrancesco) Guarnieri. Foi lá que aprendemos com o (Augusto) Boal que era preciso, era urgente que se pusesse o brasileiro em cena”, disse.

Em outro momento do vídeo, ele falou sobre a ditadura e a ‘devastação dos velhos’: “Agora, quando sentimos o hálito putrefato de 64, o bafio terrível de 68, agora, 56 anos depois, quando eles promovem a devastação dos velhos, não podemos mais. Eu não tive a coragem que você teve.”

 

No final do vídeo, Lima fez uma referência ao personagem Pedro Jáqueras, da peça “Os Fuzis da Senhora Carrar” (1937), de Bertolt Brecht, que ele interpretou no Teatro de Arena: “Os que lavam as mãos, o fazem numa bacia de sangue”.

 

ads
ads

Você pode gostar

Vídeos Quentes
ads
Nas noticias
Carregar Mais
ads
×

Powered by WhatsApp Chat

× Fale conosco pelo whatsapp!