Maiô volta forte neste verão

Com a chegada do verão, lojas de vestuário já preenchem suas araras e prateleiras com novos artigos de moda praia, desta vez aderindo à tendência atualmente em voga: a dos maiôs, peças que modelam mais o corpo e que ganham versões modernas das marcas.
A consultora de imagem Aline França afirma que a escolha por essas roupas de banho se intensificou quando, em 2015, influenciadoras como as atrizes Giovanna Ewbank e Bruna Marquezine passaram a usá-las. De lá para cá, surgem opções com variados tecidos, estampas, recortes e decotes.
Essa versatilidade contribui para o distanciamento da ideia de algo datado, tornando as peças novamente disputadas entre jovens, que vinham sendo fiéis a biquínis. “Com criatividade dá para compor ‘looks’ elegantes e confortáveis para o antes ao após a praia e usar a peça de body no dia a dia”, diz França.
A estudante de medicina Gabriela Alves, 22 anos, afirma que comprou seu primeiro maiô para a viagem de formatura do colégio. “Achei lindo, pois ele lembrava muito um biquíni. Era todo cavado, mas ainda assim tinha o conforto de um maiô. Senti liberdade.”
Gabriela diz ainda que adquiriu o hábito de usar o maiô como roupa. “Há um modelo muito fechado na frente e aberto nas costas. Achava que a marca de sol ficaria estranha. Agora uso como body.”
E a peça única continua fazendo sucesso entre mulheres mais maduras, como Suzana Azar, 48 anos, que escreve um blog de moda. “Acho extremamente elegante e perfeito para viagens de trabalho, por exemplo. E é melhor para entrar no mar, fazer exercícios, caminhar sem preocupação.”
Decotes e cavas
Os decotes e cavas em maiôs são destaques nos modelos à venda nesta estação, que aparecem também em diferentes cores, estampas e tamanhos. Na Europa, peças asa-delta (mais cavadas na parte de baixo) e engana mamãe (com as laterais abertas) estão em alta. Aqui, a moda já pegou.
O chamado maxidecote, com recorte que costuma ir até o meio da barriga, é moderno e ajuda a valorizar o visual de quem tem seio pequeno.
Outro trunfo para quem tem pouco busto é o maiô no tradicional estilo tomara que caia. Neste corte, ele ajuda a evidenciar o colo e beneficia mulheres mais baixas ou com seios menores. Listras verticais também alongam a silhueta de quem é mais baixa.
Para seios maiores, que precisam de sustentação, prefira modelos com bojo e alças mais largas. Já babados dão volume a busto e quadril.