Militar é atingindo por cervo e morre no palácio presidencial paraguaio

ads

Sargento de infantaria de 42 anos faleceu em consequência de "ferimentos perfurantes" causados pelo animal, informaram as Forças Armadas do país
Um militar paraguaio morreu após ser atacado por um cervo que cravou o chifre em seu peito quando ele estava na segurança da residência presidencial em Assunção, disseram autoridades nesta terça-feira (4).

O sargento de infantaria Víctor Isasi Flecha, de 42 anos, morreu na noite de segunda-feira (3) em consequência de “ferimentos perfurantes” causados pelo animal, informou um comunicado das Forças Armadas do país.

O cervo fora doado à residência presidencial, disse à mídia o diretor de Vida Selvagem do Ministério do Meio Ambiente, Frederick Bauer.

O porta-voz militar Víctor Urdapilleta disse à Reuters que câmeras de circuito fechado capturaram o momento em que o soldado se aproximou do cervo e foi atacado.

Ele foi declarado morto em um hospital militar. Urdapilleta disse não haver histórico de ataques semelhantes por animais mantidos rotineiramente na residência presidencial, que incluíram avestruzes e pôneis, em administrações anteriores.

ads
ads

Você pode gostar

ads
Nas noticias
Carregar Mais
ads
×

Powered by WhatsApp Chat

× Fale conosco pelo whatsapp!