Morre o escritor e jornalista Arthur Xexéo

ads

Morreu na tarde deste domingo (27) o escritor e jornalista Arthur Xexéo. Ele tinha 69 anos e estava internado na Clínica São Vicente, na Zona Sul do Rio lutando contra um linfoma não-Hodgkin de células. Deixa o companheiro Paulo Severo.

Arthur era colunista do jornal O Globo e comentarista do canal GloboNews. Seu primeiro trabalho no jornalismo foi no Jornal do Brasil, em 1978. Quatro anos depois passou a trabalhar na revista Isto É e, no ano seguinte, se tornou subeditor da Revista de Domingo, suplemento semanal encartado no JB, além de exercer a função de editor do Caderno B. Em 1992 passou a assinar uma coluna no mesmo jornal.

Em 2000 começou a trabalhar no jornal O Globo, sendo editor do suplemento Rio Show e do Segundo Caderno. Ele também trabalhou na Revista Veja. Desde 2015, Xexéo participava como comentarista da cerimônia da entrega do Oscar, na TV Globo.

Ele também é autor dos livros “Janete Clair: a usineira de sonhos”, “O torcedor acidental” e “Hebe, a biografia”. Para o teatro escreveu os musicais “A Garota do Biquíni Vermelho”, “Nós Sempre Teremos Paris” e “Minha vida daria um bolero”, além de ser responsável pela dramaturgia do musical “Cartola – O mundo é um moinho” e a adaptação de “A cor púrpura”.

 

ads
ads

Você pode gostar

Vídeos Quentes
ads
Nas noticias
Carregar Mais
ads
×

Powered by WhatsApp Chat

× Fale conosco pelo whatsapp!