Privilégio de Campo Grande: tucanos e passarinhos se exibem na janela durante expediente em escritório; veja o VÍDEO

ads

Que privilégio! Este é o pensamento ao assistir o espetáculo vindo da janela de uma empresa de tecnologia, na região central de Campo Grande. Do outro lado do vidro, pássaros se exibem, aparentam curiosidade ao ver a rotina dos funcionários, mas, a qualquer movimento brusco, podem sair dali. Os que ficam, mais “exibidinhos”, chegam a se banhar na água colocada de canto e posicionada exatamente para equipe apreciar e descansar a mente, diante a necessidade de concentração ao desenvolverem sistemas. Veja vídeo no final da matéria.

E quem trabalha no local desde o início ou foi contratado recentemente, também diz o mesmo. Ao comentar o assunto, falam do quanto são privilegiados ao contemplarem a natureza de tão perto. Desta forma, ao chegar em casa ou até mesmo pelo whatsapp e rede sociais, funcionários postam vídeos, fotos e comentam sobre os visitantes ilustres.

[Colocar ALT]
Foto: Redes Sociais/Reprodução

O coordenador de projetos da empresa, Johni Balbuena, de 50 anos, fala que a presença dos animais “quebra toda a tensão” da rotina de trabalho. “É um privilégio a presença deles. Temos janelas amplas, no 2° andar e fica bem ali perto da copa das árvores, então, a gente consegue ver periquitos, rolinhas, tucanos, é uma alegria muito grande. Nós também colocamos água ali pra eles, fazemos a troca diariamente e aí, quando eles vão ali se nutrir ou tomar banho, é o momento das nossas fotos, selfies e vídeos”, contou ao Jornal Midiamax.

Segundo Balbuena, recentemente dezenas de tucanos apareceram e ele disse que foi um momento encantador. “Fomos surpreendidos e aí até já demos nomes para eles. Aqui temos em torno de 10 colaboradores e nos revezamos durante a pandemia, um pouco em home office e um pouco aqui. E quem vem, em meio ao turbilhão do Centro, todos os dias pode parar e contemplar a natureza, essa calmaria toda que ela traz”, avaliou.

O analista e desenvolvedor de sistemas, Erick Augusto Reis Coelho, de 35 anos, foi contratado pela empresa em janeiro deste ano. Desde o início, ele diz que notou a presença dos pássaros e também a vasilha de água colocada para eles.

“Fiquei sabendo que o ano todo é assim, então, vira e mexe, a gente faz fotos, manda para família e posta na internet. A gente fica cara a cara com eles mesmo e parece até que eles estão observando a gente trabalhar”, brincou.

De janeiro para cá, Erick fala que já avistou pássaros como o sabiá, pica-pau e outros exóticos, além dos tucanos. O diretor administrativo e financeiro da empresa, Ettore Funicelli Delgado, de 41 anos, diz que a escolha do espaço, no cruzamento das ruas Artur Jorge com a Dom Aquino, ocorreu no ano de 2015. “Desde o início, nós pensamos em contemplar a natureza, o pôr do sol e a paisagem. E este cenário é um privilégio de Campo Grande. Logo no início, para nossa surpresa, começamos a ver várias aves ao longo do dia. A possibilidade dessa companhia é algo maravilhoso, é a beleza natural da nossa cidade”, comentou.

Conforme Erick, há um período do ano em que as visitas são mais frequentes, já que eles se alimentam de árvores frutíferas da região. “Teve um dia com mais de 30 tucanos e tiramos muitas fotos. É a coisa mais linda. E em uma empresa, em que necessitamos de raciocínio lógico e esforço mental muito grande, este é um momento de harmonia, de qualidade de vida e de leveza”, finalizou.

ads
ads

Você pode gostar

ads
Nas noticias
Carregar Mais
ads
×

Powered by WhatsApp Chat

× Fale conosco pelo whatsapp!