Relação da comida com funções imunológicas, alimentos a base de plantas e mais controle do peso estão entre os novos hábitos dos consumidores após pandemia’, aponta estudo da ADM

ads

Levantamento da empresa com consumidores identificou seis mudanças de comportamento em razão da pandemia.

O enfrentamento da pandemia de Covid-19 provocou uma série de mudanças na vida da população mundial, entre elas novos hábitos no consumo de alimentos. Neste “novo normal”, cresce a preocupação entre a relação dos alimentos com as funções imunológicas do corpo, ganham espaço na mesa os produtos à base de plantas, a nutrição personalizada e o foco se volta para um maior controle de peso.

Essas são algumas conclusões de uma pesquisa conduzida pela Archer Daniels Midland company (ADM), chamada de “Outside Voice”, para entender as tendências e o que impacta no comportamento do consumidor e influencia a indústria alimentícia como um todo. A companhia é uma das maiores empresas do agronegócio do mundo. Atua na comercialização e processamento de grãos; fabrica óleos vegetais, ingredientes e insumos para a indústria alimentícia e de nutrição animal e biodiesel.

Em Campo Grande, a ADM tem uma planta projetada par ser o maior e mais moderno complexo industrial de proteína de soja na América Latina. Na unidade são produzidas proteínas funcionais concentradas, texturizadas e isoladas para atender a indústria de alimentos e bebidas.

Em entrevista, o presidente de Nutrição Humana da ADM Latam, Roberto Ciciliano, diz que a empresa está constantemente ouvindo os consumidores e que a principal ferramenta para isso são pesquisas próprias, onde são identificadas as tendências e mudanças no comportamento, como as provocadas pela crise sanitária.

ads
ads

Você pode gostar

Vídeos Quentes
ads
Nas noticias
Carregar Mais
ads
×

Powered by WhatsApp Chat

× Fale conosco pelo whatsapp!