Sete pessoas são detidas para apuração de suposto abuso sexual e morte de criança indígena em cidade de Dourados/Ms

ads

A criança foi encontrada morta em uma pedreira, em Dourados (MS). O corpo da vítima segue no Instituto Médico Legal para o exame necroscópico. Uma criança indígena de 11 anos foi encontrada morta na manhã desta segunda-feira (09), em uma pedreira de Dourados, a 210 quilômetros de Campo Grande. Três adolescentes foram apreendidos.

Segundo as primeiras informações, a suspeita inicial é de que ela tenha sido estuprada e depois morta. Ela estava nua. Conforme o Conselho Tutelar, a menina morava na aldeia Bororó.

Ao todo, sete pessoas foram detidas pelo Serviço de Investigação Geral (SIG), da Polícia Civil de Dourados (MS), para a apuração do suposto caso de estupro e a morte de uma criança, de 11 anos, que foi encontrada morta aos pés de uma pedreira, na cidade ao sul do estado.

O delegado Erasmo Cubas, que está responsável pelo caso, disse que entre as sete pessoas detidas na delegacia há suspeitos, ao menos três, e outras testemunhas.

Cubas não confirmou se a criança foi estuprada, pois o corpo da vítima está no Instituto Médico Legal (IML), passando por exame necroscópico.

Segundo as primeiras informações, a suspeita inicial é de que a vítima tenha sido estuprada e depois morta.

ads
ads

Você pode gostar

Vídeos Quentes
ads
Nas noticias
Carregar Mais
ads
×

Powered by WhatsApp Chat

× Fale conosco pelo whatsapp!