Volkswagen deve voltar a produzir no dia 18 de maio

ads

O presidente da Volkswagen para América do Sul e Caribe, Pablo Di Si, afirmou nesta quinta-feira (23) que trabalha com a previsão de retomar a produção das fábricas no Brasil no dia 18 de maio.

“Se nada mudar (em relação às medidas de isolamento social) em São Paulo e Paraná (onde a montadora tem fábricas no Brasil), voltamos no dia 18 de maio, mas não vejo nenhum problema em atrasar uma semana, para seguir todos os protocolos de segurança”, disse o executivo, em entrevista coletiva online concedida a jornalistas.

Minutos antes, Di Si havia dito que a produção voltaria na segunda ou terceira semana de maio, sem dar uma data. Segundo o executivo, a fábrica de São Bernardo, que operava em três turnos, voltará em um turno. A de Curitiba, que estava em dois turnos, também voltará em turno.

Segundo presidente da VW, a empresa vai adotar diversas medidas de segurança, de olho na saúde dos funcionários. A montadora vai reproduzir os procedimentos já implementados pelas fábricas do grupo na China e na Alemanha, que já voltaram a produzir.

“Vamos começar bem devagar, com um turno por fábrica, e produzir de acordo com demanda. É melhor não ter estoques muitos altos para não haver guerra de preços”, afirmou o executivo.

Di Si afirmou também que a montadora vai “queimar” em três ou quatro meses o que seria investido em três anos. O executivo afirmou que os investimentos da empresa estão congelados e espera que o governo reveja os prazos dos marcos regulatórios do setor.

O presidente da VW responde pelas fábricas da marca que produzem carros. A Volkswagen Caminhões e Ônibus anunciou nesta quinta-feira que retomará a produção na próxima segunda-feira.

ads
ads

Você pode gostar

Vídeos Quentes
ads
Nas noticias
Carregar Mais
ads
×

Powered by WhatsApp Chat

× Fale conosco pelo whatsapp!